DIA DO HOSPITAL

Atualizado: Out 5

Como não parar um rápido momento a fim de homenagear a essa organização tão importante para a sociedade?

Nos últimos meses ouvimos essa palavra – hospital - adentrar nossos lares e fazer parte da rotina de nossos dias.

Fiquei curiosa e fui fazer uma pesquisa sobre o assunto.

Segundo o Ministério da Saúde, o hospital pode ser definido como “a parte integrante de uma organização médica e social, cuja função básica consiste em proporcionar à população assistência médica integral, curativa e preventiva, sob quaisquer regimes de atendimento, inclusive o domiciliar, constituindo-se, também, em centro de educação, capacitação de recursos humanos e de pesquisas em saúde, bem como de encaminhamento de pacientes, cabendo-lhe supervisionar e orientar os estabelecimentos de saúde a ele vinculados tecnicamente.”

Sem dúvidas é uma declaração de responsabilidade!

Mas voltando à homenagem, você sabia que o Dia do Hospital, 2 de julho, é comemorado em função da inauguração do prédio do Hospital da Santa Casa de Misericórdia de Santos (SP), ocorrida no ano de 1945, inaugurada pelo presidente Getúlio Vargas? Eu não sabia (rs).

Também, em minha rápida pesquisa sobre o tema, descobri por estudos realizados que os primeiros estabelecimentos parecidos com hospitais datam da época da Antiguidade. Estudiosos chegaram a essa conclusão após encontrarem pinturas datadas de 2920 a.C. que indicam um provável local para tratar feridos de guerra.


https://santacasadesantos.org.br/portal/hospital/historia

Longe de desejar visitar um hospital, não posso negar a força que essa palavra possui quando estamos passando mal.

Não vou entrar na baila de uma discussão sobre o cenário do Brasil. Foge ao tema de hoje. A ideia aqui é dividir algumas curiosidades.

Por exemplo, outro aspecto relevante e que a grande maioria desconhece diz respeito aos hospitais universitários, que unem, inseparavelmente, três alicerces: geram conhecimento com pesquisa e desenvolvimento; são responsáveis pela formação e especialização de novos profissionais da saúde; e concentram uma enorme quantidade de atendimento terciário e quaternário (de maior complexidade, como transplantes).

Isso é fantástico!

Temos um sistema provedor. Em meu entendimento estamos pecando na forma de manuseá-lo.

Mas isso é história!

Hoje é dia de celebrar!

E para além de todos os imponentes nomes da história da saúde – e consequentemente dos hospitais – no Brasil, gostaria de dedicar esse dia 2 de julho, Dia do Hospital, aos demais profissionais das diversas áreas, que de forma anônima fazem essas máquinas funcionarem, mesmo com todos os percalços da nossa realidade.

É o dia da instituição e daqueles que de alguma forma contribuem para o seu funcionamento.

Seja médico, recepcionista, maqueiro ou enfermeiro, faxineiro, assistente social ou psicólogo. Todos merecem nossos parabéns!

Então, agora sabendo de tudo isso, te convido à reflexão para este dia tão importante, direcionado principalmente aos atuantes nessa área, que dedicam suas vidas a cuidar das pessoas.

Dedico esse blog a todos esses seres abençoados, e a Rede D´or São Luiz que cumpre seu papel como um grande protagonista do setor com maestria e segurança.


Parabéns!

Até a próxima!!! Se cuidem!!!

Felicidades!

Mírcia Ramos



Texto revisado por Ana Elisa Carvalho de Aguiar – Professora de Língua Portuguesa

Produção Virtual: Hannah Sloboda



113 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo